cover

Estes são os 5 melhores
métodos de estudos,
segundo especialistas

Entenda como aprender com muito mais qualidade e rapidez com os métodos de estudo recomendados por especialistas.
author
Nathalia Marques

Você passa horas lendo artigos científicos ou livros e, simplesmente, sente muita dificuldade de memorizar o conteúdo? Saiba que este é um mal da nossa época. Estamos muito mais conectados, consumindo muitas informações e isso está impactando nossa memória. 

Imagina que antigamente era necessário se deslocar até uma biblioteca ou livraria para ter acesso a um conteúdo. Não tínhamos fácil acesso a informação. Por conta disso, éramos obrigados a decorar tudo. 

Só que as coisas mudaram. Com apenas alguns cliques podemos aprender o que quisermos. Diante disso, nosso cérebro entende que armazenar a informação não é tão importante como antes. 

A profundidade da nossa inteligência depende na nossa habilidade em transferir informações da nossa memória de trabalho, um tipo de bloco de notas do nosso consciente, para a memória de longo-prazo, que é o sistema de arquivamento da mente,

— escreveu Nicholas Carr, autor do livro The Shallows: What The Internet Is Doing To Our Brains.

Diante disso, como temos fácil acesso às informações, acabamos não transferindo elas para a memória de longo prazo, algo que prejudica o aprendizado profundo. Mas fique tranquilo. 

Apesar da notícia parecer algo aterrorizante, alguns especialistas afirmam que existem métodos de estudo que podem ser muito eficientes. Quer saber quais são eles? Esperamos que sim, mas antes que tal conferir algumas dicas de estudo.

Defina horário e dia

A disciplina é algo que precisa ser conquistado por quem quer estudar com eficiência. Por isso, a recomendação é que você defina uma rotina de estudo.

Sabemos que a correria do dia a dia pode dificultar, mas é importante que você estabeleça metas e tenha definido o horário e o dia que focará no aprendizado. 

Estude em um lugar tranquilo

Imagina começar a estudar e ser interrompido por conversas aleatórias? É bem provável que você perca a concentração e pare de estudar. A dica para evitar que isso aconteça é estabelecer um lugar tranquilo, ou seja, sem barulhos para estudar.

Seja um escritório, no quarto ou até mesmo em uma biblioteca. O importante é que lugar realmente proporcione um ambiente agradável e silencioso. 

Desligue o celular 

As notificações das redes sociais são as maiores inimigas de quem quer estudar com eficiência. No momento que um amigo comenta sua foto, você para o que está fazendo para olhar. 

Responde, mas percebe que tem um colega publicou um texto interessante e começa a ler. Dentro do site, você encontra outro artigo interessante e quando se dá conta já perdeu 20 minutos de estudo. 

A forma mais eficiente de não ser “engolido” pelas redes sociais é desligar o celular. Simples assim. 

Procure outras fontes de informação

Qualquer curso que você faça é só a porta de entrada para um conhecimento mais profundo. Por isso, é interessante que você pesquise mais sobre o assunto que quer aprender.

Pesquise em livros, artigos científicos ou até mesmo matérias de jornais que permitam um aprofundamento da informação. 

5 métodos de estudo, indicados por especialistas, que você precisa conhecer

Muitos especialistas estão pesquisando sobre aprendizado. Em seus estudos, eles foram capazes de comprovar que quando o aluno aplica determinados métodos, ele consegue resultados superiores. Decidimos listar, abaixo, os 5 mais famosos. 

#1. Medite 

A meditação pode ser uma grande aliada dos estudantes. Uma pesquisa realizada na Universidade George Mason e da Universidade de Illinois, Estados Unidos, constataram que, de fato, meditar pode ajudar no aprendizado. 

A pesquisa realizou três experimentos com alunos e constatou que eles conseguiam se concentrar melhor e fixar mais informações. Os experimentos foram realizados com alunos aleatórios que tinham que responder um quiz.

O que foi identificado, pelos pesquisadores, é que aqueles alunos que meditaram tinham melhor desempenho.  

Diante disso, a recomendação é que o aluno medite, ao menos, 15 minutos antes de iniciar a maratona de estudos. A meditação permitirá mais foco e clareza mental, o que impacta no desempenho. 

#2. Beba água 

Algo tão simples como beber água pode ser poderoso para melhorar o desempenho nos estudos. É o que indica um estudo realizado por um grupo de pesquisadores.

Eles analisaram o comportamento de 447 estudantes universitários e concluíram que os que bebiam mais água tinham melhor desempenho nos testes. 

Chris Pawson, um dos pesquisadores, revela que o ato de tomar água, durante uma prova, pode melhorar o desempenho por conta de diversos fatores psicológicos e fisiológicos. "Entre elas, está o efeito físico nas funções mentais.

Há também a possibilidade do consumo de água aliviar a ansiedade, que é uma das principais inimigas das boas notas", concluiu o pesquisador. 

#3. Confunda as informações

Pode parecer muito estranho, mas o ato de ficar confuso permite um melhor aprendizado. Ao menos é que Sidney D'Mello, psicólogo e cientista da computação da Universidade de Notre Dame, constatou em seu estudo. 

O pesquisador realizou um experimento no qual, intencionalmente, confundia os estudantes enquanto eles recebiam um compilado de informações. O estudo colocava os participantes para conversar com duas pessoas que falavam sobre os erros de suas pesquisas.

Em determinado momento, uma começava a discordar da outra, o objetivo era confundir os alunos. 

As ideias contrárias e confusas faziam que os estudantes tivessem que pensar mais para chegar a uma conclusão. No fim, eles deveriam comentar qual das opiniões era a verdadeira e precisavam responder um problema sobre o tema da conversa.

O pesquisador constatou, com esse experimento, que os alunos que ficaram mais confusos conseguiram obter ótimos resultados. Sua conclusão é que uma moderada confusão faz com que os alunos processem melhor as informações e se aprofundem nelas. 

#4. Aprenda sobre ciência 

Você sabia que aprender mais sobre ciência pode ajudar a obter um melhor desempenho em diversas áreas do conhecimento? É o que concluiu uma pesquisa realizada nos Estados Unidos. 

Os pesquisadores colocaram os alunos Universidade de Medicina e Ciência Charles R. Drew para ministrar aula de ciência para alunos da 4ª série. No total, foram 10 aulas com duração de apenas uma hora cada.

, иконка 1

Acesse  todo o conteúdo da LABA Brasil em uma única palataforma. Entrevistas, estudos de caso, hacks  do mundo corporativo - tudo na nossa página no Facebook. Junte-se a nós!

O resultado é que os alunos, da quarta série, começaram a apresentar uma melhora significativa nas notas de matemática e inglês. 

O estudo ainda constatou que os ensinar ciência também permite um melhor aprendizado. Uma vez que os alunos de medicina conseguiram melhorar suas habilidades de explicar assunto complexos de maneira simples. 

#5. Estude com pausas

A técnica Pomodoro é uma das mais conhecidas. Desenvolvida na década de 80, ela tem como base as pausas no fluxo do estudo. O aprendizado, com pausas, segundo a técnica permite que haja uma melhora na agilidade do cérebro e estimula o foco. 

O autor da pesquisa Francesco Cirillo chegou à conclusão que o aluno deve estudar em bloco. Ou seja, estudar por 25 minutos de forma ininterrupta e depois descansar por cinco minutos. 

Para colocar em prática essa técnica, você deve realizar uma lista dos assuntos que deseja estudar. Em seguida, programe um despertador para 25 minutos. Comece a estudar e quando o despertador tocar faça uma pausa de cinco minutos.

Siga fazendo isso e a cada quatro rotinas, de estudo de 25 minutos, faça uma pausa de 30 minutos. 

Por fim, vale lembrar que para colocar em prática os métodos de estudo é essencial ter disciplina. Ou seja, não adianta começar a fazer uma técnica e depois simplesmente parar, pois ela não trará o resultado esperado.

Tenha disciplina que, com toda certeza, você terá bons resultados. 

Curtiu o conteúdo? Compartilhe, este artigo, em suas redes sociais e ajuda seus amigos a estudarem com mais eficiência.

Últimas postagens
mail
Assine e receba o melhor da LABA
photo

Alice Salvo Sosnowski

Curso
Empreendedorismo: passo a passo
07 outubro - 29 novembro
  • liderança
  • processo de criação do negócio
  • BMG
  • finanças, vendas e pitch
inscreva-se