cover

Lições valiosas para startups que procuram investidores ou programas de aceleração

Você tem certeza que precisa de um investimento ou um programa de aceleração? Então, estas 4 lições serão valiosas na sua jornada!
author
Nathalia Marques

Você tem uma startup, mas não consegue ir adiante por falta de investimento ou por falta de orientação profissional? Talvez tenha chegado a hora de procurar investidores ou programas de aceleração. Contudo, é essencial compreender que estas duas etapas devem ser recorridas com cautela, ou seja, é necessário que o empreendedor tenha conhecimento de algumas informações.

Com a ajuda de Cezar Taurion, investir/mentor de startups e presidente do i2a2 (Instituto de Inteligência Artificial Aplicada), selecionamos algumas lições valiosas para startups que procuram investidores ou programas de aceleração. Confira!

#1 Procure investidores no momento certo

O especialista alerta para um ponto importante. A procura por investidores deve acontecer no momento certo, ou seja, não adianta abrir um negócio e logo recorrer ao investimento, pois isso pode prejudicar o negócio.

Se for cedo demais, além de perder o negócio (pela diluição de seu equity), muitas vezes você será obrigado a seguir as diretrizes do investidor, que não necessariamente serão as mesmas que as suas. Você deve buscar investidor quando ele for absolutamente necessário para dar um salto na empresa

— Cezar Taurion.

#2 Saiba exatamente o que procura em uma aceleradora

Você está desesperado para receber orientação de outras profissionais e logo que encontra um edital de aceleração corre para fazer a inscrição? O especialista alerta “não se entusiasme demais”. Ele explica que o empreendedor precisa saber exatamente o que procura em um programa e se a aceleradora, de fato, pode atender as suas necessidades.

“O que você pretende? Ser acelerado via conexões com o mercado (capital relacional)? Acesso à investidores (capital financeiro)? Mentoria em negócios e tecnologias (capital intelectual)? Fortalecer seu networking com outras startups, profissionais e empresas? Bem, pelo menos grande parte disso é que você quer encontrar em uma aceleradora. Mas, será que todas conseguem entregar isso? Como escolher uma? A ideia básica de uma aceleradora é muito boa, mas existem aceleradoras e “aceleradoras”. É preciso cautela”, enfatiza.

Diante disso, a recomendação do especialista é pensar com cuidado sobre quais as suas necessidades. 

Lembre-se: não existe a ‘melhor aceleradora do mundo’. Cada uma tem seu valor. Além disso, as aceleradoras são também startups e como toda startup, sua taxa de sobrevivência não é alta. Na prática, são startups de aceleração de startups. O resultado financeiro delas é a valorização das aceleradas, pelas quais ela tem participação e essa realização se dá no longo prazo, de 4 a 7 anos.

— Cezar Taurion.

#3 Analise se seu negócio está realmente no momento de aceleração

Supondo que você sabe exatamente o que procura em um programa de aceleração e encontrou uma que atenda todas as suas necessidades, é hora de analisar se você terá total disponibilidade para participar de todas as etapas do programa. “A fase de aceleração demanda engajamento total da startup”, comenta o investidor.

, иконка 1

Acesse  todo o conteúdo da LABA Brasil em uma única palataforma. Entrevistas, estudos de caso, hacks  do mundo corporativo - tudo na nossa página no Facebook. Junte-se a nós!

#4 Saiba que você pode sobreviver sem aceleração

A última lição do mentor é que o programa de aceleração não é essencial. Ele ressalta que “uma escolha errada pode fazer com que sua startup tropece e saia do mercado. Esta é uma das primeiras e decisivas decisões que fundadores de startups se defrontam. E lembre-se que não é essencial entrar em uma aceleradora. Você pode viver e crescer sem uma”, finaliza.

Agora que você já sabe quais são as lições valiosas para startups que procuram por investidores ou programas de aceleração, que tal continuar adquirindo novos conhecimentos sobre o assunto? Siga a página do Facebook da LABA Brasil e fique por dentro das novidades.

Últimas postagens
mail
Assine e receba o melhor da LABA
photo

Bruna Tavares

Curso
Gestão de Pequenas e Médias Empresas
  • sistema tributário brasileiro
  • MEI e Simples Nacional
  • tributação de pequenas e médias empresas
  • fluxo de caixa e lucro presumido
inscreva-se